Você está em: Home Espírito Santo Símbolos do Espírito Santo

Símbolos do Espírito Santo

E-mail Imprimir
Vamos estudar palavras que são empregadas nas Escrituras como símbolos do Espírito Santo.

1 – FOGO – Lucas 3:16 – O fogo fala de Sua grande força em relação às diversas maneiras de Sua operação para corrigir os defeitos da nossa natureza decaída e conduzir-nos à perfeição que deve adornar os filhos de Deus.
a) O FOGO QUEIMA = é, portanto um símbolo da presença de Deus (Hebreus 12:29). Deus é chamado de “fogo consumidor”, e temos aqui uma referencia à manifestação da ardente santidade de Deus. (Êxodo 3:2).
b) O FOGO CONSUME =  Consome o que é combustível – “madeira, palha e feno” ( 1 Corintios 3:13-15). O Espírito Santo é contra tudo o que é falso  e a tudo o que não é feito por amor e não visa glorificar a Deus.
c) O FOGO LIMPA = Somente o fogo pode tirar a escória de diferentes materiais. O fogo é, portanto símbolo do poder purificador do Espírito Santo. Aquilo que não pode ser refinado e expurgado pela santidade do Espírito Santo é destruído pelo fogo (Isaías 6:6-7 e Números 3:3-4).
d) O FOGO AMOLECE = Há materiais que se derretem em contato com o fogo como a acera por exemplo. O fogo do Espírito Santo derrete os corações endurecidos como ocorreu no dia de Pentecostes conforme Atos 2:37.
e) O FOGO ENDURECE = Praticamente, o mesmo fogo que amolece a cera endurece o barro. O ferreiro leva o aço ao fogo para o amolecer e para torná-lo mais duro. O Espírito Santo torna o crente mais brando, tornando-o mais forte, mais resistente.
f) O FOGO ESQUENTA = O Espírito Santo tal como o fogo torna a alma abrasada por uma ardente paixão e zelo por Deus e seu serviço.
g) O FOGO ILUMINA =  Israel era guiado a noite por um “clarão de fogo” (Salmos 78:14). O Espírito Santo nos guia não de modo figurado, mas real. (Gálatas 5:18).

2 – VENTO – Atos 2:2 – Jesus falou do vento como símbolo do Espírito Santo. O vento é invisível, porém é real, mesmo não podendo tocar, nem compreender nós o sentimos. (João 3:8). A sua ação independe de determinação humana, assim também é o Espírito Santo.  A mesma palavra “pneuma” que é usada em referencia ao Espírito Santo, também é traduzida por “vento”, “ar” ou “fôlego”. Deus soprou em Adão o fôlego da vida e ele tornou-se alma vivente. Cristo soprou sobre os seus discípulos e disse: “Recebei o Espírito Santo”. (João 20:22).  O Espírito Santo era o Seu fôlego de vida e a ação do vento simboliza os benefícios proporcionados a nós pelo Espírito Santo.
a) ALIMENTAÇÃO = Três quartos da alimentação dos homens e dos animais vem do ar- oxigênio.  Também a vegetação depende da alimentação que provem do ar. Podemos viver alguns dias sem outros tipos de alimentos, mas sem o ar, apenas por alguns minutos. A grande lição é que sem o Espírito Santo não há vida espiritual! (Ezequiel 37:9,10).
b) TRANSMISSÃO = Todo som é transmitido pelas ondas do ar e sem atmosfera seria impossível se ouvir alguma coisa. Pelo Espírito Santo o homem fala a Deus e Deus fala ao homem e é através do Espírito Santo que nossas orações são transmitidas a Deus (Romanos 8:26), e também a mensagem de Deus é transmitida aos pecadores (Lucas 4:18).
c) PODER = Como o vento forte e impetuoso, o Espírito Santo manifestou-se no cenáculo, onde os crentes primitivos estavam reunidos no dia do Pentecostes. Eles foram cheios de uma forte onde de poder sobrenatural e o medo do apóstolo Pedro deu lugar a intrepidez e a multidão foi dominada pelo poder do Espírito Santo, rendendo-se a Cristo o Salvador. (Atos 2:2;37-41).
d) REFRIGÉRIO = O vento movimenta e refresca os homens, amenizando o calor do sol. O Espírito Santo opera de forma idêntica movendo os crentes tanto coletiva como individualmente, trazendo o refrigerado senso da presença de Deus. O vento também alimenta o fogo o que simboliza uma ação simultânea do Espírito Santo. O vento é a atmosfera em movimento e tem caráter permanente, o que ensina que o Pentecostes deve continuar como um movimento até o dia do arrebatamento da Igreja do Senhor Jesus Cristo. (Atos 2:1-4). Esta é a vontade de Deus!!

3 – AGUA, RIO, CHUVA – João 7:37-39 – A respeito da água como símbolo do Espírito Santo, vamos observar os seguintes pontos:
a) ORIGEM = Cristo, a fonte (João 7:37-38). A chuva vem do céu (Isaías 55:10), o Espírito Santo foi enviado do céu. (Atos 2:33).
b) PROPORÇÃO = A água é abundante e como dois terços do globo são construídos de água, considere a importância da proporção:
b.1 – Água de um odre , insuficiente (João 7:37).Representa a acomodação de uma vida espiritual fraca e raquítica.
b.2 – Água de um poço, limitada (João 4:6,13). Embora as portas do céu estejam abertas, a proporção que recebemos depende da nossa disposição de buscar.
b.3 – Água a jorrar , ilimitada (João 4:14). “Fonte a jorrar para a vida eterna”. Escolha sua parte!
c) UTILIDADE = A água refresca e mata a sede (Salmos 42:2; 23:2). Estas ações são atribuídas propriamente ao Espírito Santo neste texto. A água faz brotar as árvores e a erva (Jó 14:9; Isaías 44:4), assim também o Espírito Santo renova e produz frutos em nossas vidas. (Gálatas 5:22; Salmos 104:30). A água limpa (Hebreus 10:22) assim o Espírito Santo limpa ou lava (Tito 3:5). A água fertiliza e faz prosperar (Isaías 44:3). Estas utilidades são reais e representam as benções do Espírito Santo que temos experimentado e podem ser utilizadas por quantos quiserem buscar com fé. A água é indispensável a vida e representam o poder renovador, restaurador e refrigerador da presença de Deus através do Espírito Santo. Nada vive sem água assim também sem o Espírito Santo não há vida espiritual de maneira alguma.

4 – ÓLEO, AZEITE - Nas escrituras o óleo aparece como um símbolo do Espírito Santo (Zacarias 4:2-6). Era usado nas solenidades de unção e consagração de profetas, sacerdotes e reis (Êxodo 30:30; Levítico 8:12; 1 Samuel 10:1: 16:13; 1 Reis 13:16). O óleo é considerado símbolo do Espírito Santo porque era usado no ritualismo do Antigo Testamento, correspondendo a operação real do Espírito Santo na vida do crente na atual dispensação. O óleo (Azeite) representa uma ação prática do Espírito Santo de Deus.
Aplicação simbólica do Óleo (azeite):
1 – Azeite na orelha – Levítico 14:17 – Habilitação para ouvir a voz de Deus  (Apocalipse 2:17).
2 – Azeite na mão – Levítico 14:17 – Habilitação para o trabalho de Deus (Zacarias 4:6).
3 – Azeite no pé – Levítico 14:17 – Habilitação para andar nos caminhos do Senhor(Gálatas 5:16).
4 – Azeite no rosto – Salmos 104:15 – Brilho de alegria espiritual (2 Corintios 3:18).
5 – Azeite em outras vasilhas – 2 Reis 4:4-6 – Bênçãos para outras pessoas (Romanos 5:5).
6 – Azeite nas feridas – Lucas 10:34 – Símbolo de restauração pelo Espírito Santo (Lucas 4:18).
Composição e uso especial do Óleo (azeite):
1 – Era proibido fabricar outro óleo com a mesma composição (Êxodo 30:32,33), ninguém podia imitar o Espírito Santo.
2 – Era proibido usara o óleo sagrado para fins particulares assim também o Espírito Santo não pode ser usado mas,  Ele usa os servos de Deus (Êxodo 30:32).
3 – Além disso o óleo era usado para alimentar, iluminar, lubrificar, curar as enfermidade, suavizar a pele, etc. Da mesma maneira o Espírito Santo alimenta, ilumina, lubrifica, cura e suaviza a alma, glória a Deus pelo dom do Seu Espírito Santo.

5 - SELO -  Efésios 1:13 e 2 Timóteo 2:19 – O selo é prova de propriedade, legitimidade e autoridade, segurança ou preservação. O selo do cristão é o Espírito Santo e o selo tem relação com o batismo no Espírito Santo. Como Jesus foi batizado com o Espírito Santo nos igualmente precisamos ser também. Jesus foi batizado – selado – pela razão de Seus próprios méritos (Mateus 3:16) e nós somos selados pelos méritos de Jesus (1 Corintios 1:30 e Romanos 8:32).

6 - POMBA – O Espírito Santo desceu sobre os discípulos no cenáculo em forma de fogo – havia o que queimar. Sobre Jesus, veio em forma corpórea de uma pomba – símbolo de pureza e da inocência de Cristo.  Vamos considerar um paralelo quando a pomba relata na Bíblia.
a) A pomba saiu da arca depois do juízo do sepultamento da terra nas águas e sua imersão (Gênesis 8:8-12).  O Espírito Santo veio do céu sobre os discípulos depois do juízo que caiu sobre Jesus por causa dos nossos pecados. Seu sepultamento e ressurreição (Atos 2:14; Romanos 6:3-5)
b) A pomba saiu da arca (Gênesis 8:8). O Espírito Santo veio através da arca – Cristo (Lucas 24:29; Atos 2:33).
c)A pomba foi enviada três vezes e na terceira vez ficou. (Gênesis 8:8,9: 10:11-12). O Espírito Santo foi enviado três vezes: a primeira sobre os profetas, a segunda sobre Jesus e a terceira no Pentecostes sobre a Igreja e veio para permanecer com ela. ( 1 Pedro 1:10,11; Mateus 3:16; Atos 2:1-4; João 14:16-17). A pomba é uma ave limpa e era usada para sacrifícios (Lucas 2:24). Geralmente, se admite que este símbolo (a pomba) fala de gentileza, pureza e paciência.  Não há dúvida de que estas virtudes são próprias do Espírito Santo e determinam a maneira como Ele age no crente para produzir estas qualidades dignas do céu.
Written by :
Pr Lineas Domiciano
 
 

Nossas Atividades

Domingo
19h
Culto/Família
Domingo
19h
Min. Infantil
Quarta
19h
Culto Propósitos
Sexta
19h30
Ensino da Palavra
1º 3º Sáb
20h
Ação Jovem

Último Evento

DSCN6471

Ceia de Comunhão

Informativo Mensal

Clique na Imagem para Conferir

Visitas

mod_vvisit_counterHoje178
mod_vvisit_counterEste Mês69203

Principais Palavras

Igreja da Família | R. João Planincheck, 1150 | Nova Brasília | Jaraguá do Sul - SC | Fone: (47) 3370-2119 | secretariaifamilia@gmail.com