Você está em: Home Espírito Santo Símbolos do Espírito Santo

Símbolos do Espírito Santo

E-mail Imprimir
Vamos estudar palavras que são empregadas nas Escrituras como símbolos do Espírito Santo.

1 – FOGO – Lucas 3:16 – O fogo fala de Sua grande força em relação às diversas maneiras de Sua operação para corrigir os defeitos da nossa natureza decaída e conduzir-nos à perfeição que deve adornar os filhos de Deus.
a) O FOGO QUEIMA = é, portanto um símbolo da presença de Deus (Hebreus 12:29). Deus é chamado de “fogo consumidor”, e temos aqui uma referencia à manifestação da ardente santidade de Deus. (Êxodo 3:2).
b) O FOGO CONSUME =  Consome o que é combustível – “madeira, palha e feno” ( 1 Corintios 3:13-15). O Espírito Santo é contra tudo o que é falso  e a tudo o que não é feito por amor e não visa glorificar a Deus.
c) O FOGO LIMPA = Somente o fogo pode tirar a escória de diferentes materiais. O fogo é, portanto símbolo do poder purificador do Espírito Santo. Aquilo que não pode ser refinado e expurgado pela santidade do Espírito Santo é destruído pelo fogo (Isaías 6:6-7 e Números 3:3-4).
d) O FOGO AMOLECE = Há materiais que se derretem em contato com o fogo como a acera por exemplo. O fogo do Espírito Santo derrete os corações endurecidos como ocorreu no dia de Pentecostes conforme Atos 2:37.
e) O FOGO ENDURECE = Praticamente, o mesmo fogo que amolece a cera endurece o barro. O ferreiro leva o aço ao fogo para o amolecer e para torná-lo mais duro. O Espírito Santo torna o crente mais brando, tornando-o mais forte, mais resistente.
f) O FOGO ESQUENTA = O Espírito Santo tal como o fogo torna a alma abrasada por uma ardente paixão e zelo por Deus e seu serviço.
g) O FOGO ILUMINA =  Israel era guiado a noite por um “clarão de fogo” (Salmos 78:14). O Espírito Santo nos guia não de modo figurado, mas real. (Gálatas 5:18).

2 – VENTO – Atos 2:2 – Jesus falou do vento como símbolo do Espírito Santo. O vento é invisível, porém é real, mesmo não podendo tocar, nem compreender nós o sentimos. (João 3:8). A sua ação independe de determinação humana, assim também é o Espírito Santo.  A mesma palavra “pneuma” que é usada em referencia ao Espírito Santo, também é traduzida por “vento”, “ar” ou “fôlego”. Deus soprou em Adão o fôlego da vida e ele tornou-se alma vivente. Cristo soprou sobre os seus discípulos e disse: “Recebei o Espírito Santo”. (João 20:22).  O Espírito Santo era o Seu fôlego de vida e a ação do vento simboliza os benefícios proporcionados a nós pelo Espírito Santo.
a) ALIMENTAÇÃO = Três quartos da alimentação dos homens e dos animais vem do ar- oxigênio.  Também a vegetação depende da alimentação que provem do ar. Podemos viver alguns dias sem outros tipos de alimentos, mas sem o ar, apenas por alguns minutos. A grande lição é que sem o Espírito Santo não há vida espiritual! (Ezequiel 37:9,10).
b) TRANSMISSÃO = Todo som é transmitido pelas ondas do ar e sem atmosfera seria impossível se ouvir alguma coisa. Pelo Espírito Santo o homem fala a Deus e Deus fala ao homem e é através do Espírito Santo que nossas orações são transmitidas a Deus (Romanos 8:26), e também a mensagem de Deus é transmitida aos pecadores (Lucas 4:18).
c) PODER = Como o vento forte e impetuoso, o Espírito Santo manifestou-se no cenáculo, onde os crentes primitivos estavam reunidos no dia do Pentecostes. Eles foram cheios de uma forte onde de poder sobrenatural e o medo do apóstolo Pedro deu lugar a intrepidez e a multidão foi dominada pelo poder do Espírito Santo, rendendo-se a Cristo o Salvador. (Atos 2:2;37-41).
d) REFRIGÉRIO = O vento movimenta e refresca os homens, amenizando o calor do sol. O Espírito Santo opera de forma idêntica movendo os crentes tanto coletiva como individualmente, trazendo o refrigerado senso da presença de Deus. O vento também alimenta o fogo o que simboliza uma ação simultânea do Espírito Santo. O vento é a atmosfera em movimento e tem caráter permanente, o que ensina que o Pentecostes deve continuar como um movimento até o dia do arrebatamento da Igreja do Senhor Jesus Cristo. (Atos 2:1-4). Esta é a vontade de Deus!!

3 – AGUA, RIO, CHUVA – João 7:37-39 – A respeito da água como símbolo do Espírito Santo, vamos observar os seguintes pontos:
a) ORIGEM = Cristo, a fonte (João 7:37-38). A chuva vem do céu (Isaías 55:10), o Espírito Santo foi enviado do céu. (Atos 2:33).
b) PROPORÇÃO = A água é abundante e como dois terços do globo são construídos de água, considere a importância da proporção:
b.1 – Água de um odre , insuficiente (João 7:37).Representa a acomodação de uma vida espiritual fraca e raquítica.
b.2 – Água de um poço, limitada (João 4:6,13). Embora as portas do céu estejam abertas, a proporção que recebemos depende da nossa disposição de buscar.
b.3 – Água a jorrar , ilimitada (João 4:14). “Fonte a jorrar para a vida eterna”. Escolha sua parte!
c) UTILIDADE = A água refresca e mata a sede (Salmos 42:2; 23:2). Estas ações são atribuídas propriamente ao Espírito Santo neste texto. A água faz brotar as árvores e a erva (Jó 14:9; Isaías 44:4), assim também o Espírito Santo renova e produz frutos em nossas vidas. (Gálatas 5:22; Salmos 104:30). A água limpa (Hebreus 10:22) assim o Espírito Santo limpa ou lava (Tito 3:5). A água fertiliza e faz prosperar (Isaías 44:3). Estas utilidades são reais e representam as benções do Espírito Santo que temos experimentado e podem ser utilizadas por quantos quiserem buscar com fé. A água é indispensável a vida e representam o poder renovador, restaurador e refrigerador da presença de Deus através do Espírito Santo. Nada vive sem água assim também sem o Espírito Santo não há vida espiritual de maneira alguma.

4 – ÓLEO, AZEITE - Nas escrituras o óleo aparece como um símbolo do Espírito Santo (Zacarias 4:2-6). Era usado nas solenidades de unção e consagração de profetas, sacerdotes e reis (Êxodo 30:30; Levítico 8:12; 1 Samuel 10:1: 16:13; 1 Reis 13:16). O óleo é considerado símbolo do Espírito Santo porque era usado no ritualismo do Antigo Testamento, correspondendo a operação real do Espírito Santo na vida do crente na atual dispensação. O óleo (Azeite) representa uma ação prática do Espírito Santo de Deus.
Aplicação simbólica do Óleo (azeite):
1 – Azeite na orelha – Levítico 14:17 – Habilitação para ouvir a voz de Deus  (Apocalipse 2:17).
2 – Azeite na mão – Levítico 14:17 – Habilitação para o trabalho de Deus (Zacarias 4:6).
3 – Azeite no pé – Levítico 14:17 – Habilitação para andar nos caminhos do Senhor(Gálatas 5:16).
4 – Azeite no rosto – Salmos 104:15 – Brilho de alegria espiritual (2 Corintios 3:18).
5 – Azeite em outras vasilhas – 2 Reis 4:4-6 – Bênçãos para outras pessoas (Romanos 5:5).
6 – Azeite nas feridas – Lucas 10:34 – Símbolo de restauração pelo Espírito Santo (Lucas 4:18).
Composição e uso especial do Óleo (azeite):
1 – Era proibido fabricar outro óleo com a mesma composição (Êxodo 30:32,33), ninguém podia imitar o Espírito Santo.
2 – Era proibido usara o óleo sagrado para fins particulares assim também o Espírito Santo não pode ser usado mas,  Ele usa os servos de Deus (Êxodo 30:32).
3 – Além disso o óleo era usado para alimentar, iluminar, lubrificar, curar as enfermidade, suavizar a pele, etc. Da mesma maneira o Espírito Santo alimenta, ilumina, lubrifica, cura e suaviza a alma, glória a Deus pelo dom do Seu Espírito Santo.

5 - SELO -  Efésios 1:13 e 2 Timóteo 2:19 – O selo é prova de propriedade, legitimidade e autoridade, segurança ou preservação. O selo do cristão é o Espírito Santo e o selo tem relação com o batismo no Espírito Santo. Como Jesus foi batizado com o Espírito Santo nos igualmente precisamos ser também. Jesus foi batizado – selado – pela razão de Seus próprios méritos (Mateus 3:16) e nós somos selados pelos méritos de Jesus (1 Corintios 1:30 e Romanos 8:32).

6 - POMBA – O Espírito Santo desceu sobre os discípulos no cenáculo em forma de fogo – havia o que queimar. Sobre Jesus, veio em forma corpórea de uma pomba – símbolo de pureza e da inocência de Cristo.  Vamos considerar um paralelo quando a pomba relata na Bíblia.
a) A pomba saiu da arca depois do juízo do sepultamento da terra nas águas e sua imersão (Gênesis 8:8-12).  O Espírito Santo veio do céu sobre os discípulos depois do juízo que caiu sobre Jesus por causa dos nossos pecados. Seu sepultamento e ressurreição (Atos 2:14; Romanos 6:3-5)
b) A pomba saiu da arca (Gênesis 8:8). O Espírito Santo veio através da arca – Cristo (Lucas 24:29; Atos 2:33).
c)A pomba foi enviada três vezes e na terceira vez ficou. (Gênesis 8:8,9: 10:11-12). O Espírito Santo foi enviado três vezes: a primeira sobre os profetas, a segunda sobre Jesus e a terceira no Pentecostes sobre a Igreja e veio para permanecer com ela. ( 1 Pedro 1:10,11; Mateus 3:16; Atos 2:1-4; João 14:16-17). A pomba é uma ave limpa e era usada para sacrifícios (Lucas 2:24). Geralmente, se admite que este símbolo (a pomba) fala de gentileza, pureza e paciência.  Não há dúvida de que estas virtudes são próprias do Espírito Santo e determinam a maneira como Ele age no crente para produzir estas qualidades dignas do céu.
Written by :
Pr Lineas Domiciano
 
 

Nossas Atividades

Domingo
19h
Culto/Família
Domingo
19h
Min. Infantil
Quarta
19h
Culto Propósitos
Sexta
19h30
Ensino da Palavra
1º 3º Sáb
20h
Ação Jovem

Último Evento

IFAMILIA

Retiro Jovem 2014 - 14, 15 e 16/11

Informativo Mensal

Clique na Imagem para Conferir

Visitas

mod_vvisit_counterHoje1790
mod_vvisit_counterEste Mês76434

Principais Palavras

Igreja da Família | R. João Planincheck, 1150 | Nova Brasília | Jaraguá do Sul - SC | Fone: (47) 3370-2119 | secretariaifamilia@gmail.com